Umas, novas, Idéias

Friday, November 04, 2005

Prêmios

Agora pouco recebi este imeiu:

Olá, Parabéns!!!

Sua poesia está entre as 30 finalistas do Prêmio de Poesia Augusto dos Anjos

Ela será publicada com as outras finalistas na página especial do prêmio, no site Cultura Hoje, para que os internautas possam avaliá-la.

Agora é a sua vez de buscar votos! Conforme o regulamento, as 10 poesias mais votadas serão submetidas ao júri oficial, formado pelo presidente da ABL, Ivan Junqueira, pelos poetas Ítalo Moriconi, Ricardo Máximo e Ronaldo Cunha Lima.

A página especial entra no ar a partir de terça-feira, e você terá 15 dias para pedir votos!


Me enchi de esperanças para este fim de ano. Sabe, ia escrever um post que falava de umas coisas muito chatas que vem acontecendo comigo. Nada de novo, desilusões, desenganos... mas esta notícia gritou para mim: " A única coisa que você se propõe a fazer criticamente parece dar certo às vezes..." Sim, esta escrita que digo e afirmo ser meu maior erro, já me trouxe muitas alegrias. Ganhei uns concursos, agora esta seleção, os comentários de meus amigos. A literatura me comove e me irrita. Queria muito poder dominá-la, mas é realmente impossível. A literatura é impossível. Eu, rebento de tantos textos horrorosos de minha própria autoria, de vez em quando pareço acertar e quando animo ela vem e me golpeia forte dizendo: VOCÊ É UM MERDA!!! Vejo então que tudo o que já possa ter feito na literatura será sempre infinitamente menor do que a literatura em si. Minha marca de palavras deve estar na letra abandonada de algum livro inacabado. Processem meu excesso de adjetivações, mas não deixem de ler e criticar meus textos. Minha literatura é um prêmio a cada erro. Eu julgo, classifico e elimino. Sou Juri rigoroso. Meus maiores prêmios literários ganhei nas críticas de amigos e nos meus próprios achismos. Desconcerto. Os prêmios Literários são muito válidos, alguns discutíveis, porém sempre tem um fundo interessante de incentivo. Desvio o Tempo. Acerto o relógio de forma que entenda melhor meu atraso nas letras.

3 Comments:

  • At 9:04 PM, Blogger Marlon Magno said…

    É, jovem, a literatura é uma vadia que cobra caro. Gostei de ver, ao menos já classificou o poema (que você não mostrou pra gente), de repente, se ganhar, e não duvido que você tenha chances, possa pagar uma cerveja baratinha no Bar do Bin...
    Abraços, rapaz, vamos lá carregar essa pedra com cuidado...

     
  • At 10:20 PM, Blogger Rômulo said…

    Fico feliz por você Otávio. Sempre acreditei em sua escrita, embora você assuma uma postura pedante em alguns momentos. Aceite a crítica daquele que foi chamado há tempos atrás um bom crítico. Não me sinto nem um pouco confortável ao escrever esse texto, ainda que sinta a necessidade de criticá-lo. Dessa vez, porém, queimei a minha língua quando li um homem mais humilde diante do resultado do concurso. Continue assim e você conquistará muito mais prêmios em sua vida!

    Um abraço de seu amigo mordaz, e sincero,

    Rômulo

     
  • At 6:22 PM, Blogger Fabiano Morais said…

    parabéns, otávio... ...acabei nem participando deste concurso que, se bem me lembro, fui eu que te avisei que estava rolando. manda a poesia pra gente. forte abraço, reverendo morais.

     

Post a Comment

<< Home